O mundo de JPFOX. Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 15 de julho de 2009

"Causus de golos" – O cinto

Certa vez o time foi jogar em lugar distante. Tão distante que precisou fretar um ônibus. Jogadores levantaram cedinho, fizeram as malas e partiram para o certame. Mas o que se espera que jogadores de futebol levem dentro da bolsa? Supõe-se que seja: chuteira, meião, short, caneleira, tornozeleira e etc. Engano seu. Neste tive tudo era diferente. Os jogadores levavam cachaça, vinho, mini-churrasqueira e outras quinquilharias. Sem falar que no lugar de destino havia botecos onde os amantes da cerveja poderiam aprecia-la.

O jogo em si não importava para esse time. O golo era a meta a ser atingida. Os jogadores bebiam antes, durante e depois da partida. O resultado do jogo não vem ao caso, certamente o time levou uma sova, situação comum para aquela agremiação. O que importa é o estado dos jogadores na Justificarviagem de volta. Alguns vomitando dentro do ônibus, outros totalmente desmaiados nas poltronas, poucos gritando e fazendo peripécias em pleno corredor da condução.

Dos atletas, destaco um deles, jogador de apelido Vovô. Não se sabe até hoje ao certo seu nome verdadeiro e sua origem. Era um atleta muito bem quisto por todos e que quando sóbrio, aparentava rigidez e seriedade. O problema era quando tomava umas e outras. Naquele dia não foi diferente. Tomou todas. Todas mesmo. Cachaça, vinho, cerveja. Cantou, dançou, pulou, não sei se jogou, mas isso não importa. O certo é que ele foi a estrela do time. Em todos os sentidos.

Acontecimento muito comum aos chamados “especiais” (ônibus ou van fretados para viagens), é o peculiar “pipi” que chega nos momentos errados. Nesta ocasião ocorreu também. Alguns jogadores pediram para que o motorista parasse o ônibus para que pudessem se aliviar com uma “urinadazinha”. Vovô como de praxe seguiu com o grupo. Os jogadores voltaram sem problemas, mas Vovô prosseguia em seu calvário. Quando retornou todos notaram que sua braguilha estava aberta e a calça jeans totalmente encharcada. Detalhe que chamou a atenção e que foi motivo de gargalhada geral é que o cinto de Vovô está desabotoado e suspenso no meio das pernas. Moral da história: em vez de tirar o pipiu da calça, ele achou que o cinto era o seu órgão genital. Pobre engano. Segurou o cinto e urinou pelas calças.

Você já deve ter ouvido falar: se for dirigir não beba. Agora também você vai ouvir: se for urinar não beba!

Histórias que só o golo pode nos proporcionar.

6 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Enriqueça a discussão.

Caso deseje divulgar seu site e/ou blog, utilize a opção OpenID.

O seu comentário é muito importante.

Related Posts with Thumbnails

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO