O mundo de JPFOX. Tecnologia do Blogger.

segunda-feira, 13 de julho de 2009

As falhas dos goleiros do Brasileirão e os 15 anos do Tetracampeonato Mundial nos EUA

Esta 10ª rodada do Campeonato Brasileiro mostrou dois aspectos muito interessantes. Primeiro o número de gols marcados, foram 37 gols em 10 partidas, média de 3,7 por jogo, muito bom. Mas destes 37 gols, três chamaram minha atenção. Acompanhe, pois os lances têm muitas semelhanças:

GOLEIROS


Denis: goleiro do São Paulo
O goleiro recebe uma bola recuada e com certa calma dá um toquinho na pelota como se fosse dar um chutão pra frente. Mas o que era para ser um chutão vira uma lambança. A bola cai no pé de Fierro que toca para Adriano, que retorna ao chileno que chuta com o gol vazio. Uma tragédia! E o pior da jogada ainda estava por vir. Quando a bola já havia ultrapassado a linha do gol, inexplicavelmente Dênis ainda dá um pulo como se ainda fosse possível alcançar a gorduchinha. Um lance bizarro!

Andrey: goleiro do Cruzeiro
A bola vem de um lançamento forte ainda do campo defensivo atleticano, passa pelo zagueiro cruzeirense e sobra para o goleiro Andrey que está fora da sua área. No meu modo de ver haviam duas possibilidades, dar dois passos para trás e esperar a bola em sua área ou tentar dar um chute na bola com muita rapidez, pois o atacante Éder Luís se aproximava. Andrey não fez uma coisa, nem outra, deu de peito na bola que sobrou à feição para o atacante atleticano que ainda driblou o goleiro com um toque de letra e tocou levemente por cobertura no gol vazio. Um golaço!

Douglas: goleiro do Santos
A bola vem rifada para que o goleiro santista apenas de um chutão para frente. Lance normal. Qual não foi a surpresa de todos quando o guarda-metas Douglas bate espirrado na bola. Aproveitando-se do infortúnio do goleiro santista, o atacante Roger do Vitória pega a bola, leva para o lado esquerdo e num lance de muita “crueldade” toca no contra-pé de Douglas. Digo “crueldade”, pois após dar uma espirrada dessas nada pior para o goleiro santista do que ver a bola entrando no lado contrário. É muito azar!


15 ANOS DO TETRACAMPEONATO MUNDIAL


No dia 17 de julho faz 15 anos da conquista do Tetracampeonato Mundial. Para muitos a pior seleção das cinco que conquistaram o caneco para o Brasil. Realmente o futebol não era dos melhores, mas em compensação poucas vezes se viu uma dupla de ataque que se entendesse tão bem quanto Bebeto e Romário. Outro detalhe era a segurança do goleiro brasileiro Cláudio André Taffarel, um jogador decisivo nas cobranças de pênalti da final contra a Itália. Pegou dois pênaltis e depois teve muita sorte vendo o chute de Roberto Baggio ir por cima do gol. Esta seleção representou a redenção da Era Dunga e a afirmação de Parreira como os técnicos top de linha do futebol mundial. Parabéns Brasil!

Dados do Brasil na Copa do Mundo de 1994 nos Estados Unidos

Goleiros: Taffarel, Zetti e Gilmar.

Laterais: Jorginho, Cafu, Branco e Leonardo.

Zagueiros: Aldair, Márcio Santos, Ricardo Rocha e Ronaldão.

Meio-campistas: Mauro Silva, Dunga, Mazinho, Zinho, Paulo Sérgio e Raí.

Atacantes: Romário, Bebeto, Viola, Muller e Ronaldo.

Primeira fase:

Brasil 2 X Rússia 0
Gols: Romário e Raí.

Brasil 3 X Camarões 0
Gols: Romário, Márcio Santos e Bebeto.

Brasil 1 X Suécia 1
Gols: Romário (Brasil) - Kennet Anderson (Suécia).

Oitavas-de-Final:

Brasil 1 X EUA 0
Gol: Bebeto.

Quartas-de-final:
Brasil 3 X Holanda 2
Gols: Romário, Bebeto e Branco (Brasil) - Bergkamp e Winter (Holanda).

Semifinal:
Brasil 1 X Suécia 0
Gol: Romário

Final:
Brasil 0 (3) X Itália 0 (2)
Gols (pênaltis): Romário, Branco e Dunga (Brasil) - Albertini e Evani (Itália).

Curtam o tema da Rede Bandeirantes para o Tetracampeonato Mundial de 1994.


11 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Enriqueça a discussão.

Caso deseje divulgar seu site e/ou blog, utilize a opção OpenID.

O seu comentário é muito importante.

Related Posts with Thumbnails

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO