Não é paradinha, mas é mais um jeitinho brasileiro de bater penalty

No ano de 2008, o América/MG subia da Segunda para a Primeira Divisão do Estadual, quando no jogo final o atacante Euller "o filho do vento" encontrou um jeito genuinamente brasileiro de cobrar. Euller cobrou o penalty, não fez o gol, mas também não o perdeu. Descubra por que:


Postagens mais visitadas