A recuperação de um mito

Calma, calma!!! A imagem é só pra zoar com a cara de Maradona e de quebra com a de todos os argentinos. Um dos maiores jogadores da história, para alguns até maior que Pelé, que teve sua carreira envolvida por jogadas de craque e confusões aos montes. Já esteve até mesmo a ponto de morrer pelo consumo abusivo de drogas e sua imagem com aquela "pança" imensa nos remetia a um misto de decadência e auto-destruição.

Na África do Sul ele fez sua parte como show-man. Cutucou os adversários, fez caras e bocas, vestiu-se como um "professor" de futebol, mas armar time não é com ele. Sua função era mais como incentivador do que técnico e numa Copa do Mundo isso não basta.

Todos pensaram que o mito havia morrido, mas a Copa mostrou que os mitos nunca morrem. Estejam eles dentro ou fora do campo.


Postagens mais visitadas