O mundo de JPFOX. Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Cachaça: a branquinha mais famosa do Brasil


No país das mulatas, a branquinha que faz o maior sucesso, até mesmo internacionalmente é a cachaça. Bebida deliciosa, traiçoeira e viciosa, pode ser encontrada desde botequins de esquina, como também em barzinhos localizados em locais freqüentados por “bacanas”. Resumindo: é uma bebida democrática. Deve-se sim lembrar que existem “cachaças” e “cachaças”. Descubra:

Etapas da fabricação:
1 – É cortada a cana separando o broto;
2 – Em seguida é extraído o caldo da cana através da moenda, esta funcionando pela roda d’água, eletricidade ou tração animal;
3 – Nos cochos de fermentação o caldo fica aproximadamente 36 horas, surgindo assim o “vinho de cana”;
4 – O vinho de cana é colocado no alambique de cobre aquecido em fogo brando;
5 – Com fervura a vapor sobe, é resfriado na serpentina e transforma-se em cachaça;
6 – A cachaça vai para os barris de envelhecimento, onde é aprimorado o sabor.


Veja como deve ser a boa cachaça:
1 – Deve ter consistência parecida com o licor e parecer oleosa;
2 – Forma “lágrimas” no copo, como o vinho;
3 – O aroma necessariamente deve ser de cana;
4 – Não deve arder na boca nem tampouco na garganta;
5 – Quando a garrafa é sacudida, a cachaça deve formar um “colar” de bolhas por no máximo 30 segundos;
6 – E o mais importante, não deve dar ressaca, claro se apreciada com moderação.

Levando estes pontos em consideração e pegando leve no consumo, você poderá curtir uma bebida genuinamente brasileira, cativada pelo resto do mundo. Um orgulho para todos nós.

Fonte: Revista Playboy – março de 2000 – Edição nº 296 – Editora Abril – Págs: 98 a 105.

5 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

Deixe seu comentário.
Enriqueça a discussão.

Caso deseje divulgar seu site e/ou blog, utilize a opção OpenID.

O seu comentário é muito importante.

Related Posts with Thumbnails

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO