Onde foi que erramos?

Eles parecem jovens normais. Largam o bico e a mamadeira e partem para o mundo. Saem da barra da saia da mãe e ganham as ruas. Na rua é diferente. A rua ensina, cria, estimula e dá conselhos e seus próprios castigos. A rua orienta. Mostra os caminhos. Na rua encontramos os primeiros amigos. Amigos estes que nos apresentam o sexo e as drogas. Amigos que logo consideramos mais importantes que nossa família. Família esta que já não tem mais espaço. Renegada a segundo plano. Família esta que recorre a terceiros para ter acesso àquele pequeno bebê que desmamou muito cedo. Cedo nada. Nada é cedo neste mundo de hoje. Quem debuta aos quinzes anos já é considerado idoso. Idosos tais pessoas não ficam. Chegam aos 40 e já estão acabadas. 40 seria muito. Muito é sempre pouco pra essa gente. Sendo assim fica a pergunta: onde foi que erramos?

Postagens mais visitadas