Será ele realmente D10s (DEUS)?

Na última quarta-feira chegou ao fim o carma argentino de tentar chegar à Copa do Mundo. Particularmente torci pela argentina, pois pelo que tenho visto dos times do velho mundo, não há adversários à altura para o Brasil. A Argentina e consequentemente seu "treinador", dão à Copa uma importância e uma concorrência muito maior.

Mas o que chamou mais a atenção não foi tanto o jogo, que prometia muito, e na verdade não apresentou nada de impressionante. A atração foi Dom Diêgo que disparou para todos os lados ainda no campo de jogo e em seguida em sua coletiva. Com um linguajar de baixíssima qualidade, xingou todas as gerações de familiares da imprensa, principalmente a formada pelos nossos "hermanos" argentinos. Logo os "hermanos" que negam a superioridade de Pelé e tratam Maradona como DEUS, ou D10s (alusão à grafia de Deus em espanhol, trocando o "i" e o "o" pelo 10). A imprensa argentina foi vítima de uma criatura que ela mesma criou. Deram muita asa à cobra e foram picados.



Está mais do que provado que nem mesmo Deus é perdoado quando se é técnico de uma seleção de ponta. A imprensa argentina bateu e levou. É a lei das selvas invadindo o futebol. Maradona tinha lá suas razões, mas será que precisava ser tão veemente assim? Só Deus ou D10s sabe...

Postagens mais visitadas