Relembrar é viver...


Chegavamos aos 44 minutos do segundo. O empate por 1 x 1 dava o título da Copa do Brasil 2000 ao São Paulo. Após ser puxado pela camisa por um zagueiro tricolor, Geovanni se preparava para bater. Parecia conversar com a bola. Ricardinho o observa e aconselha. Marcelinho Paraíba já previa o que estava para acontecer. O que veio a seguir foi uma cobrança forte passar por baixo da barreira e morrer dentro do gol de Rogério Ceni. Festa, choro, risos, alegria... o Mineirão era todo azul e o taça era do Cruzeiro pela terceira vez.

Postagens mais visitadas