A eterna rivalidade

Atleticano, não fique com raiva do cruzeirense que lhe zoa neste momento. O futebol só é apaixonante porque existe o lado contrário. O que seca, torce contra, faz figa, etc. Sou cruzeirense, por exemplo, por causa da existência do Atlético. O Atlético não vive sem o Cruzeiro e as torcidas sobrevivem pela mesma coisa. Que graça teria se essa rivalidade (quando sadia) não existisse? Acho que gostaria de golf ou ping-pong. 

Postagens mais visitadas